italiano    english    español    русский    portuguès    العربية    中文       

Avaliação

    Oferecemos serviços de avaliação das competências linguístico-comunicativas para o italiano como língua estrangeira.

  • Entre as suas atividades e serviços, Siena Italtech oferece um confiável e padronizado processo de avaliação das competências linguístico-comunicativas em italiano como língua estrangeira, resultado de anos de trabalho, experiência e formação.
    O processo de avaliação é gerido através de uma colaboração ativa e duradoura com o Centro CILS da Universidade para Estrangeiros de Siena. Siena Italtech é, de fato, a responsável pela gestão do processo de avaliação das provas de produção escrita e oral dos exames CILS de certificação de italiano como língua estrangeira.
     

    O exame CILS
    O exame CILS é um certificado oficial reconhecido pelo Ministério das Relações Exteriores italiano, atestando a competência linguístico-comunicativa em italiano como língua estrangeira. Os exames CILS são articulados em seis níveis de proficiência, acompanhando o guia dos níveis proposto pelo Quadro Comum Europeu de Referência para as línguas.
    Os destinatários dos diferentes módulos criados pelo CILS são adultos que estudam ou ensinam italiano no exterior, adultos estrangeiros que querem se integrar e trabalhar na Itália, crianças, adolescentes e jovens que estudam na escola ou na universidade, na Itália ou no exterior. Cada candidato pode realizar a sua preparação da maneira que mais lhe convier, não sendo necessário ter escolaridade ou diploma específicos, e sim apenas uma proficiência em língua italiana que corresponda aos parâmetros indicados em cada nível do Quadro Comum Europeu de Referência para as línguas.
     
    A avaliação das competências linguístico-comunicativas
    Siena Italtech oferece serviços de avaliação das competências linguístico-comunicativas em italiano como língua estrangeira adotando, para todas as provas do exame, os critérios avaliativos das habilidades e dos vários tipos de produção elaborados pelo Centro CILS, bem como as relativas modalidades de atribuição da pontuação.
    Nas produções abertas os critérios adotados para a avaliação das competências linguístico-comunicativas são: eficácia comunicativa, registro/adequação estilística (adequação de registro e de variedade linguística, no oral), adequação de conteúdo, adequação morfossintática, adequação e riqueza lexical, ortografia e pontuação (pronúncia e entonação nas provas orais).
    A decisão de avaliar de forma centralizada e colaborando estreitamente com o Centro CILS tanto as produções escritas quanto as orais representa, para os candidatos, garantia de confiabilidade. Os examinandos obtêm dessa maneira um tratamento homogêneo e uma avaliação confiável e competente.
    As tarefas escritas são avaliadas depois de serem digitalizadas e colocadas à disposição numa plataforma online, proporcionando aos avaliadores a possibilidade de trabalhar também com autonomia. As tarefas orais gravadas em mp3 durante o exame são também carregadas na mesma plataforma, sempre para fins de avaliação.
     
     
    Os avaliadores
    A avaliação das competências linguístico-comunicativas é tarefa dos avaliadores, cujos percursos formativos são permanentemente atualizados, tanto na Itália como no exterior. As reuniões com o Centro CILS, presenciais ou via web, constituem uma oportunidade para o encontro e a reflexão coletiva entre avaliadores, e são realizadas regularmente antes de cada nova sessão de avaliação, a fim de garantir a padronização dos juízos e a consecução de um parecer comum, coerente e confiável, através de um debate participado.
    Depois da fase de padronização dos juízos, cada avaliador trabalha em autonomia, tendo, todavia, a possibilidade de consultar o Centro CILS, inclusive no caso de provas cuja avaliação possa apresentar elementos críticos.
    Todos os avaliadores são submetidos a um período de observação e estágio junto ao Centro CILS e frequentam cursos de formação para compartilhar procedimentos e parâmetros de avaliação das competências linguístico-comunicativas; além disso, eles têm como referência constante as Linhas Diretoras CILS, como também as tabelas, calibradas na base de cada nível dos exames CILS, para a atribuição das notas relativas às diferentes habilidades linguísticas.

    Partilha, coerência, colaboração, experiência e debate sobre critérios e escolhas são as potencialidades que garantem ao processo de avaliação das competências linguístico-comunicativas um juízo o mais possível correto e confiável.

    O expertise de Siena Italtech na avaliação das competências linguístico-comunicativas pode abranger também outros exames de certificação do italiano como língua estrangeira, e também servir a entidades e indivíduos que precisem de um confiável e correto processo de avaliação das competências linguístico-comunicativas em italiano como língua estrangeira, seja em âmbito escolar, universitário, formativo, profissional ou em qualquer outro.